Manual do Calouro

Guia de Sobrevivência do Calouro

 

  1. Bem-vindo à UFG!

Parabéns pela ingresso na gloriosa Universidade Federal de Goiás! Aqui você vai passar alguns dos melhores momentos da sua vida! Nós, do Lemon – Clube de Empreendedorismo – preparamos este documento para facilitar a sua vida! Não seja uma calouro tolo! Dê uma conferida até o final, pois tem muuuuuita coisa útil!

 

  1. O que é Lemon?

O Lemon é uma liga universitária que existe porque acredita que o jovem universitário possui um grande potencial de transformação social e econômica. O Lemon trabalha sobre dois eixos: desenvolvimento da cultura empreendedora na UFG (através de palestras, workshops etc) e potencialização do desenvolvimento de negócios (com mentorias, networking, competições). Fazemos tudo isso de modo bem acessível para você, com uma linguagem divertida e com ações com a nossa cara.

 

  1. Dicas para calouro

Aqui trazemos uma porrada de dicas para que você nunca fique perdido na UFG. Também damos dicas para você aproveitar ao máximo a universidade. Primeiro vamos trazer alguns serviços essenciais para a sua sobrevivência. Depois trazemos muitas oportunidades para você aproveitar. Sério! Aproveite-as! Não deixe as oportunidades passarem! Viva (e sobreviva) a universidade… hehe

 

3.1. Serviços na UFG

Seguem alguns serviços essenciais para você agora!

3.1.1. Bibliotecas

A UFG conta com duas bibliotecas nos dois Campi. A do Campus I (vulgo, Universitário), fica no fundo da Faculdade de Direito e ao lado do Banco do Brasil (no mapinha tem a localização)! Já a Biblioteca do Campus 2 (Samambaia) fica ao lado da FAV (Faculdade de Artes Visuais). Deixa a gente te ensinar como chegar lá: você passa na frente do Instituto de Química (IQ) e vai beirando a passarela do bosque toda vida (falando o bom goianês). Uma hora você chega lá (mais goiano impossível)!

As bibliotecas são ótimos lugares para se estudar. Além disso, tem milhares de livros para você pegar emprestado por até 7 dias, podendo renovar três vezes por internet. As bibliotecas também têm notebooks que podem ser usados por qualquer aluno. Para usufruir de qualquer serviço da Biblioteca, você precisa da carteirinha da biblioteca. Para mais informações, entre o site da biblioteca (https://www.bc.ufg.br/).

 

3.1.2. RU e alimentação

Primeiro vamos falar do famigerado RU! No RU você paga R$ 3 pela refeição e pode comer à vontade (menos a carne que é racionada =( ). No campus I, ele fica situado mais ou menos na frente da Biblioteca, ao lado da PUC (aquela da área da turbina de avião). Já no campus 2 fica atrás da Caixa Econômica Federal.

Vamos passar agora mais algumas opções de locais que você pode comer algo, entre refeições e lanches.

 

Campus 2 (Samambaia)

– RU Executivo: Se você não quer comer a comida do RU, logo ao lado, tem o Restaurante Executivo (ou REX, para os íntimos). Com uma variedade maior de comida, é um restaurante self-service no kilo. As más línguas falam que é a mesma coisa do RU, mas tem umas coisas a mais. É um custo benefício bom. Aceita cartão.

– DCE: Fica na frente do RU. Lá você pode jogar uma sinuquinha ao som de bom rock e comer um salgado, beber um refri e tomar um picolé. A variedade de salgados não é tão grande, mas o ambiente é muito bom para passar um tempo entre aulas e conhecer gente nova. Aceita cartão.

– Lanchonete Delícias do Campus: Fica abaixo da Faculdade de Letras. Além de prato feito no almoço (em média R$10 a R$12) e macarrão expresso a noite, vendem salgados, bebidas, sorvete, café e muito mais. Aceita cartão.

– REUNI: Fica atrás do Centro de Aulas B. Não muda muito do Delícias do Campus não. Serve refeições no almoço (em média R$10 a R$12) e salgados ao longo do dia. Tem um salgado vegetariano que o escritor que aqui vos fala adora. Aceita cartão.

– Lanchonete da EMAC (Escola de Música e Artes Cênicas): Serve salgados e bebidas ao longo dia. O atendimento é meio bagunçado, com filas sem lógica. Além disso, a variedade de salgados não é muito grande. Não aceita cartão.

– Lanchonete da Escola de Agronomia: Fica lá na escola de agronomia (lógico, né?). Na hora do almoço funciona um self service no kilo. Pode ser um pouco mais caro que o REX, mas é uma ótima opção. Aceita cartão.

– Pamonharia (a famosa): Não é bem uma pamonharia. Lá vende de tudo menos pamonha, para falar a verdade. Fica na entrada do campus e serve almoço. Mas se você só quiser passar um tempo com os amigos, tomando aquela bebida gelada, é uma boa opção também.

Campus 1 (Universitário). Aceita cartão.

Existem vários restaurantes pelo Setor Universitário. Vamos listar alguns deles. Entre para

saber a localização: La Fornalha, Casa Verde, Paladar, Cantinho Frio.

– Lanchonete da Odonto: Localizada no pátio da Odonto (do outro lado da reitoria da PUC), é considerada por muito um dos melhores lugares para se fazer um lanche, pois oferece ótimo custo-benefício.

– Lanchonete da Escola de Engenharia: Recém aberta, possui ambiente climatizado e algumas mesas de sinuca. Porém, da última vez que um de nós fomos, ainda não estava aceitando cartão. Fora que pode ser um pouquinho caro se comparado a outro lugares.  

– Lanchonete Qsabor Lanches: É um pitdog que fica na praça universitária mesmo, do outro lado da faculdade de direito. Possui salgados com ótimo custo-benefício: bons e baratos (R$1,75). Além disso, o atendimento geralmente é muito bom.

– Lanchonete da Faculdade de Direito: A Lanchonete do Direito conta com o simpático João e sua esposa, além de uma boa variedade de produtos pra você se alimentar, tapioca e cachorro quente, trufas, bolo de pote, empada e uma sinuca pra você se divertir, o porém fica pelo fato de não aceitar cartão.

 

3.1.3. Idiomas

Cursos de Idiomas do Centro de Línguas

Na UFG é possível também aprender idiomas pagando baratinho. Para isso é só ficar de olho no Centro de Línguas da Faculdade de Letras pelo site deles (https://cl.letras.ufg.br/).

O pagamento é feito apenas no ato da inscrição, e o valor é bem mais em conta do que em qualquer outro lugar. Alunos da UFG pagam R$ 326,00 o semestre. É possível também fazer teste de nível e entrar mais em níveis mais avançados (o que diminui bastante a concorrência destruidora do nível 1).

As inscrições são feitas sempre no começo dos semestres. Fique de olho!

TOEFL – Idiomas sem fronteiras

É possível fazer cursos específicos de inglês na UFG e também realizar a prova do TOEFL iTP de forma gratuita na UFG. Para mais informações acesse o site (http://isfaluno.mec.gov.br) e se inscreva. Sempre que tiver turmas e provas disponíveis eles vão te avisar por e-mail. É interessante para quem almeja um intercâmbio, ou quer ter algum certificado de conhecimento de inglês (um beijo pra galera que aprendeu inglês jogando).

MyEnglishOnline

Por ser aluno de graduação de uma instituição de ensino superior, você tem acesso ao My English Online (http://www.myenglishonline.com.br/). Ele foi criado por uma parceria da CAPES e o MEC. Ele é um curso de inglês online, gratuito, com conteúdo do National Geographic Learning e CENGAGE Learning. Emite certificado reconhecido no mundo todo. 😀

 

3.1.5 Música

A Faculdade de Letras tem a iniciativa Academia de Música UFG, eles dão aulas gratuitas de vários instrumentos (vários mesmo – Bateria, Canto, Contrabaixo Acústico, Guitarra, Musicalização Infantil, Violão, Violino, Trompete, Trombone, Tuba, Clarineta, Eufônio (WTF?!) e Saxofone). As inscrições são sempre no começo do semestre, acompanhe na página deles no facebook (www.facebook.com/academiademusicaufg).

 

3.1.4. Cursos e Competições

  1. a) O UFG Empreende é um programa do Centro de Empreendedorismo e Incubação da UFG (CEI – UFG) que busca desenvolver o comportamento empreendedor em alunos da UFG. Com aulas dinâmicas e totalmente diferentes de tudo que você já viu, o curso aborda conteúdos como processo empreendedor, design thinking, modelagem de negócios, validações e muito mais. Para ficar por dentro de tudo, siga a fanpage.
  1. b) A Olimpíada de Empreendedorismo Universitário é mais uma iniciativa do CEI que visa o desenvolvimento de habilidades e atitudes empreendedoras. A OEU é dividida em duas categorias: social e negócios. Na primeira, as equipes devem implementar uma ação social em alguma localidade (ex: comunidades, asilos, escolas). Já a segunda categoria é caracterizada pelo desenvolvimento de negócios com fins lucrativos. O ano de 2017 será marcado pela 4ª edição da OEU. Aqui tem uma vídeo da 3ª edição. Fique por dentro de todas as novidades seguindo a fanpage.

 

3.1.5. Intercâmbio

Para mais informações, sigam a CAI – Coordenadoria de Assuntos Internacionais (https://www.facebook.com/cai.ufg.br/?fref=ts). Nos tempos áureos, tínhamos o abençoado Ciências Sem Fronteiras, no entanto, ainda existemalguns programas privados com financiamento, como o Programa Santander (https://www.santanderuniversidades.com.br/bolsas/paginas/default.aspx), o da Fundação Estudar (https://bolsas.estudar.org.br/). Fica ligado, pois experiência internacional é algo muito transformador.

 

3.2. Oportunidades

3.2.1. Centros/Diretórios Acadêmicos

Os Centros Acadêmicos (CA) são entidades que representam os alunos de determinada unidade acadêmica. São eles que dialogam com a direção da sua faculdade/departamento os problemas que rolam por lá, como infraestrutura, relacionamento com professores e oportunidades. Os CAs mais estruturados geralmente organizam eventos, viagens e muito mais. A diferença do DA é que ele congrega a união de cursos, por exemplo, o Draco (Diretório Acadêmico de Computação), que representa Engenharia de Software, Ciência da Computação e Sistemas de Informação – os cursos do Instituto de Informática (local em que há 3 homens para cada rapaz pela quantidade de seres do sexo masculino).

 

3.2.2. Empresas Juniores

As Empresas Juniores (EJs) são organizações gerenciadas pelos próprios alunos dos cursos, que trabalham voluntariamente, prestando serviços de sua área. Isso tudo permite que seus membros já adquiram experiência durante a universidade, adquirindo competências sociais, profissionais e comportamentais muito valiosas. Vale muito a pena participar.   

 

3.2.3. Ligas Universitárias

As ligas universitárias são organizações estudantis, criadas de alunos para alunos, sem fins lucrativos que tem como objetivo estimular determinado campo de conhecimento que muitas vezes falta dentro dos cursos da faculdade. Um exemplo claro é o próprio Lemon, que trabalha o empreendedorismo, e a Focus, que desenvolve conhecimentos sobre mercado financeiro.

 

3.2.4. Atléticas

As Atléticas são as representantes dos esportes dentro da UFG. Além de formarem times para disputarem jogos dentro e fora da universidade, elas promovem as famosas choppadas, afinal, ninguém é de ferro.  

 

3.2.5. Grupos de Pesquisa

Grupos de Pesquisa são grupos formados por alunos e professores que têm o intuito de pesquisar um tema específico. Eles são bem interessantes se quiser estudar algo que a sua graduação não abarque muito bem. Se você procurar e não encontrar nenhum na sua graduação que estude algo de seu interesse, procure os professores que são referência no assunto e dê a ideia. E pegue no pé, maioria das coisas que se consegue com professores é pegando no pé – não leve à mal, eles têm que ter certeza de que você realmente quer aquilo, haha.

 

3.2.6 Iniciação Científica

Iniciação Científica é um programa que costuma surgir dentro de Grupos de Pesquisa. Basicamente você vai, por meio da orientação de um professor e utilizando-se do método científico, realizar alguma pesquisa em uma área específica. Um pesquisa mesmo, de verdade. Infelizmente, a não ser que você seja frequente um laboratório, dificilmente você usará jaleco :/

 

3.3. Transporte

Vamos falar agora sobre o transporte para o campus. Há várias opções: ônibus, vans e caronas. Existem várias linhas de ônibus que passam tanto pelo campus Samambaia, quanto nas mediações da Praça Universitária (Campus 1). Algumas delas:

  1. a) 263 – Terminal Praça da Bíblia até o Campus Samambaia – cuidado pra não pegar o 264, ele não vai no Campus;
  2. b) 302 – Marista até o Campus Samambaia (passa pela Praça universitária);
  3. c) 105 – Terminal Praça A até o Campus Samambaia;
  4. d) 268 – Centro (Praça Cívica, Paranaíba, Araguaia, Tocantins) até o Campus Samambaia, via Criméia Leste (Pecuária);
  5. e) 269 – Centro (Praça Cívica, Paranaíba, Araguaia, Tocantins) até o Campus Samambaia, via Goiânia 2 (abaixo da rodovia 080). Essa linha dá um balão para atender o pessoal do Goiânia 2, então demora uns 15 a 20 minutos à mais que o 268;
  6. f) 270 – Centro (Praça Cívica, Paranaíba, Araguaia, Tocantins) até o Campus Samambaia, via Criméia Oeste (Shopping Passeio das Águas). Por dar uma volta gigantesca até passar pelo Shopping essa linha demora em média de 40 minutos à uma hora. Ela é recomendada para a galera das Agrárias, já que ele passa na porta e eles não têm que pegar o circular dentro do Campus;
  7. g) 914 (Citybus) – Centro (Praça Cívica) até o Campus Samambaia;
  8. h) 913 (Citybus) – Centro (Praça Cívica) até a Praça Universitária.
  9. I) 725 (Circular) – Esse ônibus fica circulando dentro do Campus (já que ele é bem grandinho). Andar nele é de graça, tanto é que você entra pela porta de trás. Existe ele nos dois sentidos, horário e anti-horário, pegue do lado da pista que mais lhe for conveniente.

 

Outra coisa é o Passe Livre Estudantil, é super tranquilo de conseguir e vale a pena mesmo, pois você economiza uns trocados com ele. Mais informações: http://www.juventude.go.gov.br/passe-livre-estudantil-go/programa-passe-livre-estudantil

 

Ah, não se esqueça de carregar a mochila do coleguinha quando estiver sentado, hein?!

Existem ainda os transportes de van que você pode contratar.

Além disso, existem os grupos de carona (https://www.facebook.com/groups/caronaufg e https://www.facebook.com/groups/153320394849286  são os maiores)..

 

3.4. Moradia

Se você está vindo de fora, ou mesmo quer sair da casa dos seus pais, pode ser uma boa morar nas proximidades dos campi. Assim, você economiza com transporte e leva menos tempo para chegar às aulas.

Para quem for estudar no campus 1 (Universitário), onde morar: Setor Universitário, Vila Nova, Setor Sul.  O Setor Universitário, devido às faculdades, tem alta demanda e, por isso, é mais difícil achar lugar para ficar, fora que o preço é um pouco mais elevado. O Setor Vila Nova é meio antigo e tradicional. Não se estranhe se escutar seus vizinhos gritando “VIIIIILA”. Além disso, as opções são relativamente baratas. O Setor Sul também é um bom custo-benefício não tão longe do campus. Todas estas opções ficam bem centralizadas.

Para quem for estudar no campus 2 (Samambaia), onde morar:  Setor Itatiaia, São Judas, Alice Barbosa, Goiânia 2. De todos o Itatiaia é o mais próximo, podendo ir a pé tranquilo. O Goiânia 2 é um pouco mais afastado, mas possui uma infraestrutura bacana. A vantagem sem dúvidas de morar próximo ao campus 2 é a comodidade. Porém, como fica um pouco afastado do centro e das principais atividades da capital, pode se tornar um pouco chato, especialmente nos finais de semana.  

 

  1. Páginas nas redes sociais interessantes de seguir

 

Lemon – Clube de Empreendedorismo: É nóis! 😉

MediaLab: O MediaLab/UFG é um laboratório de pesquisa e inovação em mídias interativas, comprometido com o desenvolvimento das artes, da ciência e da tecnologia e, de modo mais profundo, com a sociedade e a cultura. Terceiro maior Media Lab do mundo em termos de infraestrutura e o mais importante da América Latina, ele conduz diversas atividades de audiovisual no estado, com o intuito de tornar a Universidade Federal de Goiás (UFG) uma referência nacional e internacional na área.

Centro de Empreendedorismo e Incubação da UFG: O CEI UFG Goiânia tem como foco principal a formação empreendedora da comunidade universitária e da comunidade goiana de forma geral, buscando a formação do empreendedor que pode tanto criar um novo negócio, quanto promover ações empreendedoras em outros espaços e situações. O CEI UFG Goiânia desenvolve, entre outras ações, a promoção de cursos, oficinas, palestras e seminários para a comunidade interna ou externa á UFG e para a formação de professores de empreendedorismo.

Humor Ácido UFG: Informações úteis e engraçadas sobre o dia-a-dia do campus e vida universitária.

– Spotted UFG: Se deparou com um potencial crush pela faculdade. Mande os dados para o pessoal do Spotted, seu cupido virtual.

UFG (grupo): Lugar onde o ditado “The treta has been planted” está sempre presente.

 

UFG (página oficial) https://www.facebook.com/universidadefederaldegoias/?ref=br_rs: U-F-G… vocês vão aprender o resto nas festas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *